O Perigo da Falsa Religiosidade

Não me impressiono com quem diz que não acredita em Deus porque de certa forma ele está sendo verdadeiro embora que isso seja um pecado (Mt 10:32-33). Eu me impressiono com aqueles que enchem a boca para dizer que acreditam em Deus, que tem fé em Deus porém não manifestam isso no seu viver. (Mt 7:22-23)

Alguns enchem suas bocas dizendo sou Religioso, sim acredito em Deus, porém quando olhamos como ele trata sua família é totalmente contrário com os princípios que Deus ordena mediante a sua palavra; Alguns não respeitam seu cônjuge, não são fiéis, não respeitam seus filhos, outros não respeitam seus próprios pais, não são nenhum exemplo a ser seguido tanto na família, no trabalho, na escola, na sociedade até mesmo dentro da sua dita “Religião”. Deus não está em busca de pessoas que somente expressam sua fé nele em palavras se não demostram isso de modo pratico (Tt 1:16). A nossa vida tem de ser guiada pelo que nós confessamos, pelo que cremos da forma mais profunda. (Rm. 10:9-10)

Dizer que acredito em Deus, sou religioso, tenho fé, vou a igreja nunca proporcionará salvação ao pecador. Nós devemos é nos arrepender da nossa “religiosidade” e começar a viver de acordo com aquilo que professamos, e não há como fazermos isso se não conhecemos o Deus que vivemos dizendo que cremos nele e o único meio de o conhecermos é submetermos a nossa vida a ele mediante a fé em Jesus Cristo e no estudo da sua palavra (Jo 14:6).

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *