O BOM PASTOR

Como pastor, apascentará o seu rebanho; entre os seus braços recolherá os
cordeirinhos e os levará no seio; as que amamentam ele guiará mansamente.

ISAÍAS40:11

Alimenta-nos, teus filhos, como ovelhas, Mestre; enche-nos com a justiça do Teu próprio pasto. Instrutor, dá-nos alimento no Teu santo monte, a Igreja, que se eleva no ar, está acima das nuvens e toca o céu. “E eu serei”, diz Ele, “seu Pastor” [N.T.: Neste devocional, várias citações entre aspas não são trechos da Bíblia, e sim do livro The Sacred Writings of Clement of Alexandria (Os escritos sagrados de Clemente de Alexandria).], e estarei tão perto delas quanto a roupa de sua pele. Ele quer salvar minha carne envolvendo-a no manto da imortalidade e unge o meu corpo. “Eles me chamarão”, diz Ele, “e direi: eis-me aqui”. Tu ouviste antes do que eu esperava, Mestre. “E, se passarem, não escorregarão”, diz o Senhor, pois nós, que estamos passando para a vida eterna, não cairemos em corrupção porque Ele nos sustentará. Foi assim que Ele disse e assim que desejou. Nosso Instrutor é bom com justiça. “Não vim”, disse, “para ser servido, mas para servir”. Portanto, Ele é apresentado no evangelho como “cansado”, porque labutou por nós e prometeu “dar a sua vida em resgate por muitos”. Porque somente Cristo é o Bom Pastor. Ele é generoso e nos dá a maior de todas as dádivas: Sua própria vida. Ele é extremamente bom e amoroso para com os homens, visto que, quando poderia ter sido Senhor, desejou tornar-se um irmão para a humanidade. Ele é tão bom que morreu por nós.

Sobre o Autor

  • Clemente de Alexandria (c. 155–c. 220 d.C.). Clemente era filósofove se tornou cristão devido aos seus estudos. Pouco se sabe acerca do início de sua vida, exceto quanto a ele haver viajado pela Grécia, Itália e Síria em busca de aprendizado. Buscando os melhores professores do mundo, ele foi para Alexandria, onde estudou com Panteno e recebeu grandes quantidades de conhecimento bíblico. No ano 190, Clemente sucedeu Panteno como diretor da escola de Alexandria, que estava em desenvolvimento, e ali ensinou até o ano 202. Seus escritos focaram a moralidade cristã (Exortação aos gregos), a atração de pagãos à fé cristã (O Instrutor) e a criação de uma filosofia cristã baseada na fé em Jesus (Miscellanies — Miscelâneas).

Leave a Comment

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *